sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Potencial turístico do MA será apresentado na Feira das Américas


A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) realizou, na quinta-feira (7), na sede da secretaria, a reunião com o trade local para discutir a participação do Maranhão na Feira das Américas, que acontecerá de 20 a 22 deste mês, no Rio de Janeiro.

A reunião contou com a participação do secretário estadual de Turismo , Tadeu Palácio, e de representantes da Agência Brasileira de Viagens (Abav), Sindicato de Empresas de Turismo (Sindetur), Convention Bureau, Sindicato dos Guias de turismo (Sindegtur), entre outros integrantes do trade local.

Com o slogan "Maranhão. Em cada canto uma atração", a Setur apresentou todo o projeto de divulgação que será utilizado durante os três dias de evento. Este ano a Setur levará para a feira dois espaços: o institucional e o estande de comercialização.

O estande promocional da Setur conta com 150 m². Nele será reproduzido as belezas do Maranhão por meio de fotos dos Pólos São Luís, Lençóis e Chapada das Mesas, além de amplo material promocional. No estande de comercialização, a área é de 40 m² e conta com sala de treinamentos totalmente equipada. No local, a Setur, em parceria com a Abav e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), vai promover cursos e treinamentos para agentes e operadores.

Para o presidente do Sindetur, Paulo Montanha, a iniciativa da Secretaria deve incrementar as vendas do destino durante a feira, "Com o espaço vamos divulgar todos os produtos do nosso empresariado. Teremos contato com investidores de todo o mundo o que vai ser benéfico tanto para o trade quanto para o Maranhão", comemorou.

O presidente da Abav, Guilherme Marques, falou da parceria e empenho da entidade e do Governo do Estado em promover o Maranhão. "Pela primeira vez vamos ter um estande exclusivo para os profissionais do setor. A oportunidade de cursos e treinamentos em parceria com o Sebrae vai possibilitar bons resultados para o turismo do nosso estado", ressaltou.

"Estamos tentando a cada evento profissionalizar ainda mais as iniciativas no sentido de evidenciar nossas potencialidades recolocando assim o Maranhão de volta às prateleiras do mercado nacional e internacional," afirmou o secretário Tadeu Palácio.

Feira das Américas


O Congresso Brasileiro das Agências de Viagens e a Feira das Américas são considerados as maiores vitrines do continente americano. Com o tema "Agente e Cliente: a Melhor Relação", a Abav 2010, deve receber cerca de 30 mil visitantes e reunir também 800 empresas, entre operadoras de turismo, companhias, órgãos governamentais e entidades empresariais.

Roseana é recebida com festa em Santana do Maranhão


A cidade de Santana do Maranhão, na microrregião do Baixo Parnaíba, a 400 quilômetros de São Luís, fez festa nesta quinta-feira para receber a governadora Roseana Sarney (PMDB), município onde ela obteve a maior votação proporcional (91,62% dos votos) em relação aos demais em todo o estado.

Acompanhada do senador Edison Lobão e do vice-governador João Alberto, Roseana Sarney agradeceu à população de Santana do Maranhão. “Agradeço a todos que acreditaram em mim”, declarou. “Não vim fazer promessa, mas garanto que vou construir a estrada que dá acesso a Santana do Maranhão”, anunciou.

A governadora revelou que o projeto de construção dos 24 quilômetros da estrada que liga Santana do Maranhão à MA-034 está em fase de conclusão. Ao ser concluído o projeto será licitado. “Espero voltar ao município para inaugurar a estrada. Eu me sinto mãe desse município que foi emancipado no meu primeiro governo. Farei agora o melhor governo da minha vida, vou dedicar o meu trabalho e a minha experiência para tornar o Maranhão um estado respeitável para todo o país”, ressaltou.

Segundo o prefeito de Santana do Maranhão, João Almeida (PDT), o povo demonstrou nas urnas que confia na governadora Roseana Sarney. “Ela tem feito obras importantes no nosso município que até o final do ano vai contar com um hospital, com 20 leitos, e a primeira escola estadual de ensino médio”, disse.

Sobre a estrada, o prefeito disse que esse é um sonho a ser realizado. “A estrada vai melhorar o comércio, o escoamento da nossa produção agrícola e o turismo, pois nossa região tem grande potencial, vai nos permitir crescer 20 anos”.

Carregando bandeira na mão, o agricultor Bernardo Lopes da Silva, disse que votou em Roseana por acreditar no seu trabalho. “Ela está trabalhando em Santana, trazendo o hospital e escola, mas agora, estamos esperando a estrada”, disse otimista.

A visita de Roseana Sarney ao município mobilizou os prefeitos de toda a região do Baixo Parnaíba: Luciana Trinta (Araioses), Raimundo Abraão (Totóia), Eliomar (Água Doce), Raimundo Filho (Paulino Neves), José Raimundo Costa (São Bernardo), Neto Carvalho (Magalhães de Almeida), Maninho (Santa Quitéria), Danúbia Carneiro (Chapadinha), Tina Monteles (Anapurús), Miguel (Vargem Grande) e Dr. Creomar (São Benedito do Rio Preto), além do deputado federal, Gastão Vieira, entre outras lideranças políticas e comunitárias.

Roseana também obteve votação expressiva, acima dos 80%, em outros cinco municípios: Araioses (88,18%), Jenipapo dos Vieira (81,46%), São Bernardo (80,55%), Paulino Neves (80,34%) e Maranhãozinho (80,34%). A visita a Santana do Maranhão marcou o agradecimento simbólico a todos os municípios maranhenses.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Discutido o novo Sistema de Programação Pactuada e Integrada



Técnicos do Ministério da Saúde se reuniram em São Luís para apresentar a nova versão do Sistema de Programação Pactuada e Integrada (SIS PPI Estadual).

O encontro, coordenado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), reuniu representantes de todas as áreas do órgão estadual, além das macrorregionais de São Luís, Imperatriz, e Caxias, e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems).

Para o secretário de Estado da Saúde, José Márcio Leite, a discussão é de fundamental importância para que seja definido o perfil assistencial mínimo, na área de saúde, para cada região. “Para sabermos qual será a resolubilidade oferecida pela área", destacou o secretário, ao participar da oficina, realizada no auditório do Hotel Praia Mar, em São Luís.

O SIS PPI É um instrumento informatizado, desenvolvido pelo Ministério da Saúde (MS), para registro dos dados da programação assistencial realizada pelos estados e municípios. É constituído pelos módulos estadual e municipal. Para que se possa iniciar a programação municipal, é necessária a realização de uma etapa prévia, no módulo estadual.

No encerramento da atividade, na quarta-feira (6), foi proposta e discutida com a secretária adjunta de Regionalização dos Serviços de Saúde da SES, Denise Fortes, uma agenda de trabalho. Ficaram definidas datas e escolhidos os técnicos e setores que se encarregarão de realizar estudos que vão compor a Programação Pactuada e Integrada (PPI) e o Plano Diretor de Regionalização (PDR).

Entre os temas a serem levantados, estão à discussão de áreas estratégicas com as áreas técnicas correspondentes, os destaques da área hospitalar (incluindo a UTI e a UCI), a regionalização e os recursos próprios.

"Foram dois dias bastante produtivos, que a gente espera continuar contando com o empenho de todos os técnicos e gestores envolvidos nessas discussões da regionalização da saúde", destacou Denise Fortes, acrescentado que a próxima reunião acontecerá no próximo dia 15. "Com a proposta da regionalização fechada, levaremos à apreciação da CIB (Comissão Intergestores Bipartite) no final deste mês", concluiu a secretária adjunta de Regionalização.

Praias receberão novas placas de alerta sobre balneabilidade

Novas placas indicativas quanto ao resultado da balneabilidade das praias de São Luís serão recolocadas nos pontos críticos, nesta quinta (7), às 15h30, pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). O marco inicial será a praia da Ponta da Areia, seguindo pelas praias de São Marcos, Calhau, Olho d Água, do Meio e Araçagy.

Com relação ao primeiro semestre de 2010, houve uma melhoria nos resultados de balneabilidade, onde anteriormente apenas uma praia apresentava-se como própria e as demais impróprias. Com o novo laudo, as condições de pureza e impureza apontam mudanças, onde o presente resultado indica que três praias se encontram em conformidade, ou seja, própria para a prática do banho, sendo elas as Praias do Calhau, Meio e Araçagy. As análises estão respaldadas na Resolução 274, de 29 de novembro de 2000, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

A ação será coordenada pelo secretário de Meio Ambiente, Washington Rio Branco, e por uma equipe da Superintendência de Monitoramento e Controle da Qualidade Ambiental da Sema.

O problema das praias de São Luís não está apenas no mar, mas também na faixa de areia. No caso do perímetro da Litorânea, por exemplo, o esgoto jogado in natura que provém dos prédios de apartamentos situados naquelas proximidades, interfere na qualidade de vida de quem utiliza a orla marítima para o lazer. O rastro de poluição é visível e contrasta com a cor branda da areia.

Balneabilidade das Praias da Orla de São Luís


- Ponta d’Areia (IMPRÓPRIA)

- São Marcos (IMPRÓPRIA)

- Calhau (PRÓPRIA)

- Olho d Água (IMPRÓPRIA)

- Meio (PRÓPRIA)

- Araçagy (PRÓPRIA)

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Djalma Lúcio inicia carreira solo no show "Conforme prometi no réveillon"

O compositor e cantor maranhense Djalma Lúcio, que integrou por quatro anos a extinta banda pop Catarina Mina, volta aos palcos com outra estética sonora e nova proposta de trabalho. A primeira exposição do resultado de sua produção recente acontecerá no evento de lançamento do seu primeiro mini-álbum solo, Conforme prometi no Réveillon, na sexta-feira (8), às 20h30, no Teatro Alcione Nazaré, (Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Praia Grande).

O repertório do show - com 15 canções próprias, sendo algumas de parceiros - mistura canções inéditas, novos arranjos para composições já conhecidas e novas experiências musicais.

O retorno do compositor ao universo musical não se deu por acaso. Embora estivesse expressando seu talento artístico por outros meios no ambiente acadêmico da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), como ilustrador de periódicos e publicações, por exemplo, a necessidade de compor canções nunca o abandonou. "Com o fim da Banda Catarina Mina, que durou quatro anos, continuei compondo, e, em 2007, fiz um videoclipe de uma das músicas que está no EP (Extended Play ou mini-álbum), 'Não quero dançar'. De lá pra cá, cresceu em mim essa vontade de voltar aos palcos", destacou Djalma Lúcio.

O repertório do EP é formado por quatro músicas: "Infiel" (parceria de Djalma Lúcio com Fábio Abreu e Breno Galdino), "Conforme prometi no réveillon", "Não quero dançar" e "Bar Central". "Infiel e Bar Central existem desde os tempos da Catarina Mina. A primeira foi gravada pela banda Xnoz, em 2006, e foi um hit radiofônico. Criamos novos arranjos e gravá-las agora foi como recomeçar de onde eu tinha parado", ressaltou.

Da recente sonoridade produzida localmente, Djalma Lúcio ouviu gravações das bandas Pedra Polida, Farol Vermelho e Garibaldo e o resto do mundo, todas feitas no estúdio Casa Louca, do produtor Adnon Soares. "Gostei do trabalho dele e resolvi produzir o meu EP lá", enfatizou.

O show

Voz, guitarra, baixo e bateria. São esses instrumentos que Djalma Lúcio usará para recriar no palco as músicas produzidas em Conforme prometi no réveillon. Além das músicas do EP, o roteiro do show inclui canções feitas com novas parcerias e outras que já existiam desde a época da Catarina Mina. "O único cover é Samba do camaleão, música do Eduardo Patrício, gravada do disco É exatamente isso, mas é outra coisa. Tem também Embaraço, com Fernando Soares; Permissão, com Bruno Azevêdo; Inimigo, com Reuben da Cunha Rocha e muito mais", contou.

Para abrir o lançamento, o público contará com a discotecagem do Dj Franklin, que apresenta um setlist inspirado na Música Popular Brasileira, no Samba e nas muitas influências (e incursões) de Reggae, Hip-Hop, Drum and Bass e House Music.

Os ingressos antecipados estão à venda na Mad Rock (Rua do Passeio - Galeria La Ravardiére, sala 11, 2º andar) e na Livraria Poeme-se (Praia Grande), no valor de 15 reais.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Inscrições para I Mostra Científica do Maranhão terminam nesta quarta-feira

Termina, nesta quarta-feira (6), o prazo de inscrição para os interessados em participar da I Mostra Científica do Maranhão. As inscrições podem ser feitas no site da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), no endereço www.fapema.br

O evento, que será aberto dia 20 de outubro, na Praça Maria Aragão, faz parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) - 2010 que, no Maranhão, é coordenada pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Ensino Superior e Desenvolvimento Tecnológico (Sectec).

"A I Mostra Científica do Maranhão tem como objetivo popularizar e divulgar o que está sendo realizado nas instituições de ensino e pesquisa do estado", explicou a diretora presidente da Fapema, Rosane Nassar Meireles Guerra. Os interessados podem participar da mostra com apresentação de pôster, protótipo, realização de mini-curso, oficina ou como ouvinte. Todas as modalidades de participação são gratuitas.

Além de promover atividades diversas de divulgação científica, o evento visa ainda atrair participantes para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - 2010 e mostrar a importância da C&T para a vida de cada um e para o desenvolvimento do país. São parceiro da Fundação do evento as Universidades Estadual do Maranhão (Uema) e Federal do Maranhão (Ufma), Centro Universitário do Maranhão (UniCeuma), Secretaria de Estado de Educação do Maranhão (Seduc) e a Vale.

SNCT


A finalidade principal da SNCT é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de ciência e tecnologia (C&T), valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação. Ela possibilita, ainda, que a população brasileira conheça e discuta os resultados, a relevância e o impacto das pesquisas científicas e tecnológicas e suas aplicações.

A coordenação nacional da semana é de responsabilidade do Ministério da Ciência e Tecnologia, por meio do Departamento de Popularização e Difusão de C&T, da Secretaria de C&T para Inclusão Social. A semana ocorrerá no período de 18 a 24 de outubro de 2010. O tema principal será "Ciência para o Desenvolvimento Sustentável".

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Escola Helena Antipoff está com 90% de sua reforma concluída


Depois de quatro meses de reinício das aulas, o Centro de Educação Especial Helena Antipoff já está com 90% de sua reforma concluída. Para os pais de alunos, as melhorias que estão sendo realizadas aprimoram a excelência dessa instituição de educação especial que integra a rede estadual de ensino.

Foram 15 meses de paralisação em decorrência de uma reforma que impediu que os alunos retornassem às suas atividades cotidianas. O secretário de Estado de Educação, Anselmo Raposo, explicou que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) assumiu o desafio de terminar, no menor tempo possível, a reforma para que os 245 estudantes com deficiência intelectual, múltipla e síndromes, voltassem ao convívio escolar.

A escola recebeu reforma geral e ampliação de uma ala na qual funcionará a oficina de hotelaria. Além disso, teve a quadra de esportes coberta e a garagem para os dois ônibus da escola está em fase final de construção. A intenção, de acordo com Anselmo Raposo, é construir uma piscina adaptada para que a excelência da escola seja ainda melhor.

Leia Mais

Instalada Agência Transfusional em Barreirinhas



A Secretaria de Estado de Saúde (SES) entregou a Agência Transfusional, em Barreirinhas, na quinta-feira (30). Nela, serão feitos todos os testes necessários para saber se o sangue coletado está qualificado para doação. Também haverá a execução dos procedimentos das provas pré-transfusionais, tipagens sanguíneas, pesquisas de anticorpos, instalação e monitoramento de todas as transfusões, obedecendo criteriosamente aos padrões de qualidade exigidos e a todas as normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde e Anvisa.

"Este tipo de serviço é necessário e importante no município e é apenas uma das várias parcerias entre o Ses e a prefeitura do município", disse o secretário de saúde, José Márcio Leite.

A secretária municipal de saúde, Dalila Vasconcelos, destacou a importância da instalação da agência no município quando disse: "Outro serviço importante é que os hemofílicos daqui poderão fazer suas transfusões sanguíneas na própria agência, sem a necessidade de se deslocar para São Luís para fazer o tratamento".

Durante a entrega do prédio onde já está funcionando a agência, técnicos da Hemomar apresentaram a unidade ao secretário de estado, e ao prefeito do município, Albérico Filho, que considerou a entrega uma ação de comprometimento com a saúde da população.

"Em apenas um ano demos um passo muito importante para a saúde do município. A SES está fazendo pela saúde do município o que a muito tempo deveria ter sido feito", concluiu o prefeito.

Após a entrega da unidade, José Marcio Leite e Albérico Filho foram visitar as obras do hospital de 50 leitos que está sendo construído pelo governo do estado e tem sua entrega prevista ainda para o final de outubro.

Durante a visita, foi anunciada a entrega de 12 leitos de UTI infantil e 12 leitos de UCI neonatal na capital. "A secretaria está trabalhando muito para melhorar cada vez mais a qualidade no atendimento em saúde do Maranhão. Um governo que trabalha é um governo que cuida de suas crianças", finalizou Marcio leite.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Semana de deficiente auditivo reúne alunos e profissionais de educação



Em comemoração ao Dia Municipal e Nacional da Pessoa Surda, festejado no dia 26 de setembro, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por intermédio da Supervisão de Educação Especial (Sueesp), e do Centro de Ensino de Apoio a Pessoa com Surdez (CAS), promove, até quinta-feira (30), a Semana da Pessoa Surda.

A programação da semana foi aberta, na segunda-feira (27), em solenidade realizada no auditório da Superintendência de Administração de Recursos Humanos (Sarh/Seduc). Contou a presença de professores, alunos e profissionais que atuam na área da educação especial.

A semana visa fortalecer a luta da comunidade surda brasileira e maranhense, por educação, saúde, trabalho e respeito à Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Para a Supervisora de Educação Especial, Susana Marques da Silva Menezes, a comunidade surda tem uma história de conquistas. Ela cita como exemplo conquistas como a Lei que institui o Dia do Surdo, o decreto que criou o CAS, entre outras. “No entanto ainda é preciso avançar muito, pois a estrada é árdua e difícil. O importante é não desistir”, alerta.

No Brasil, os surdos utilizam a Libras como primeira língua e compõem em média 3,5% da população. No Maranhão, de acordo com o IBGE/2000, são aproximadamente 199 mil pessoas.

De acordo com a diretora adjunta do (CAS), Irene Santos Cabral, a escolha do dia 26 para comemoração da pessoa surda, também se dá pela fundação do Instituto Nacional de Educação de Surdos no Rio de Janeiro, a primeira escola para surdos instalada no país.

Para Hudney Guimarães Almeida, aluno do CAS, a semana é um marco no ensino da língua de sinais. “Os assuntos aqui debatidos servirão para divulgar a importância da pessoa surda no Maranhão. A necessidade de inclusão da pessoa surda na sociedade é preciso ser entendida pela comunidade e o relacionamento do conhecimento da parte dos ouvintes e dos surdos precisa ser aprimorada”, explicou o estudante.

Prorrogada exposição sobre cotidiano do Centro Histórico



Até o dia 15 de outubro, na Superintendência do Patrimônio Cultural (SPC), órgão da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), fotografias de hábitos de moradores de áreas de tombamento estadual, que compõem o Centro Histórico da capital, serão apresentados na exposição Pessoas e Patrimônios.

O Projeto é uma parceria da Superintendência com o Clube de Fotografia Poesia do Olhar. As visitas podem ser feitas de 9h às 18h, no Salão das Embarcações. A SPC fica na Rua da Estrela, n° 562, Praia Grande.

As fotografias fazem um registro do cotidiano de moradores de quatro áreas do Centro Histórico, as das igrejas de Santo Antônio, São Pantaleão e dos Remédios e a Casa das Minas, escolhidas por possuírem uma alta concentração de residências. "A idéia é mostrar a relação que os moradores estabelecem com esses espaços, as especificidades e generalidades de morar em regiões tombadas pelo Estado. Revelamos que há vida nesses locais", diz a fotógrafa da Superintendência do Patrimônio Cultural, Maria Thereza Soares, uma das responsáveis pelo Projeto.

"Ao contrário do que imaginam muitas pessoas, para os quais essas áreas estão abandonadas, lá a rotina dos moradores é intensa", conta outra responsável pela Exposição, a arquiteta Francilene Castro Bezerra, que revela, ainda, que para cada uma dessas áreas foi montada uma equipe de fotógrafos profissionais e amadores que fazem parte do Fotoclube,

Do montante de fotos foram selecionadas 32 para compor a exposição. "Esse trabalho ficou sob a responsabilidade de Débora Santalúcia, diretora de Fotografia do Clube de Fotografia", acrescenta Maria Thereza Soares. Segundo a fotógrafa, no final do período de exposição serão escolhidos os melhores trabalhos. "Ainda não está decidido como será a escolha", diz Maria Thereza Soares.

Fotoclube

O Clube de Fotografia Poesia do Olhar foi criado em dezembro do ano passado. Reúne um grupo de fotógrafos profissionais e amadores, entre os quais Edgar Rocha e Pedro Araújo. Atualmente, as reuniões do grupo são realizadas na Superintendência do Patrimônio Cultural. "Eles costumam realizar palestras, para as quais trazem nomes importantes da fotografia", revela Maria Thereza. A última reunião realizada no dia 09 de setembro contou com a palestra do fotógrafo Márcio Vasconcelos. Segundo a fotógrafa, outros projetos ainda deverão ser realizados com a parceria do Fotoclube.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Iniciadas programações da Semana da Pessoa Surda




Em comemoração ao Dia Municipal e Nacional da Pessoa Surda, festejado no dia 26 de setembro, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por intermédio da Supervisão de Educação Especial (Sueesp), e do Centro de Ensino de Apoio a Pessoa com Surdez (CAS), promove, até quinta-feira (29), a Semana da Pessoa Surda.

A programação da semana foi aberta, na segunda-feira (27), em solenidade realizada no auditório da Superintendência de Administração de Recursos Humanos (Sarh/Seduc). Contou a presença de professores, alunos e profissionais que atuam na área da educação especial.

A semana visa fortalecer a luta da comunidade surda brasileira e maranhense, por educação, saúde, trabalho e respeito à Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Para a Supervisora de Educação Especial, Susana Marques da Silva Menezes, a comunidade surda tem uma história de conquistas. Ela cita como exemplo conquistas como a Lei que institui o Dia do Surdo, o decreto que criou o CAS, entre outras. “No entanto ainda é preciso avançar muito, pois a estrada é árdua e difícil. O importante é não desistir”, alerta.

No Brasil, os surdos utilizam a Libras como primeira língua e compõem em média 3,5% da população. No Maranhão, de acordo com o IBGE/2000, são aproximadamente 199 mil pessoas.

De acordo com a diretora adjunta do (CAS), Irene Santos Cabral, a escolha do dia 26 para comemoração da pessoa surda, também se dá pela fundação do Instituto Nacional de Educação de Surdos no Rio de Janeiro, a primeira escola para surdos instalada no País.

Para Hudney Guimarães Almeida, professor de libras, a semana é um marco no ensino da língua de sinais. “Os assuntos aqui debatidos servirão para divulgar a importância da pessoa surda no Maranhão. A necessidade de inclusão da pessoa surda na sociedade é preciso ser entendida pela comunidade e o relacionamento do conhecimento da parte dos ouvintes e dos surdos precisa ser aprimorada”, explicou o estudante.

Projetos pioneiros no Brasil pretendem mudar a educação no MA



Com a criação das escolas de ensino médio de tempo integral, dos centros de formação dos professores e a consolidação de projetos pioneiros para a educação brasileira como "Escola Verde" (ecologicamente correta) e o Instituto Público de Idiomas, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) pretende melhorar os índices educacionais do Maranhão.

A meta da Seduc é ofertar formação integral para os estudantes da rede pública estadual, promover a capacitação e qualificação do corpo docente e formar cidadãos conscientes das questões ambientais, por meio da Escola Verde.

É com essa finalidade, que o secretário de Educação, Anselmo Raposo, vem trabalhando de forma incansável nesses últimos meses. Os projetos que englobam esse contexto já estão em execução, como é o caso da Escola Verde; o Procentro Marcelino - Marcelino Champagnat – Escola de Tempo integral, Instituto Público de Idiomas e o Centro de Formação de Docentes, que já está com as obras iniciadas; além da realização do Simulado para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem/2010).

Escola Verde

O governo do Maranhão, por intermédio da Seduc, anunciou no mês de junho a construção da primeira Escola Verde do estado, no município de São José de Ribamar, que irá funcionar no Centro de Ensino Liceu Ribamarense I, que é a primeira escola que oferecerá ensino em tempo integral no Maranhão. Essa iniciativa é pioneira no Brasil pela forma ambientalmente correta, ou seja, com utilização de luz solar, coleta seletiva de lixo e tratamento da água para consumo humano.

A escola conta atualmente com 397 alunos, 39 professores, 10 salas de aula, brinquedoteca, biblioteca, laboratórios de informática e de ciências, refeitório, cantina, quadra poliesportiva coberta e oferece ensinos de educação infantil e fundamental, além de ofertar também aos estudantes dança, música, esporte, almoço e dois lanches.

Antigo Colun


Em uma semana, ratificando o compromisso em trabalhar pela melhoria dos índices educacionais do Maranhão, o secretário de Educação, Anselmo Raposo, assinou duas Ordens de Serviço para início imediato da recuperação de dois prédios que irão abrigar as primeiras Escolas Estaduais de Tempo Integral do Maranhão.

A primeira Ordem a ser assinada foi a do antigo Colun, e irá beneficiar a comunidade da Vila Palmeira e adjacências. A obra tem prazo de conclusão previsto para 160 dias, e estará pronta no mês de fevereiro. A princípio, a escola irá atender alunos da 1ª série do Ensino Médio, sendo progressivamente estendida às outras (2ª e 3ª).

As instalações do antigo Colun, contam com mais de 40 salas de aula, dois auditórios, laboratórios, biblioteca, quadras esportivas e praças temáticas. Devido ao abandono, o prédio sofreu danificações na estrutura, como: telhado, laboratórios, fiação elétrica exposta, sanitários foram roubados, além de muito mato nas dependências do prédio.

Procentro


Com previsão de entrega para o início de 2011, começou nesta segunda-feira (27), logo após a assinatura da Ordem de Serviço, pelo secretário de Educação, a reforma do antigo prédio do Maristas, que irá se transformar no Procentro Marcelino Champagnat – Escola de Tempo integral, Centro de Idiomas e de Formação de Docentes.

A obra de reforma irá custar ao Governo do Estado, o equivalente a R$ 954.989,98. A princípio, as obras de reforma irão atingir as estruturas prediais. Outro grande projeto para o Procentro é a formação de cidadão através do esporte, e isso sempre foi um caminho proposto pelo secretário de Educação, Anselmo Raposo, que está buscando parcerias para execução do projeto, com o ápice nas Olimpíadas de 2016, na cidade do Rio de Janeiro.

Centros


O Procentro Marcelino Champagnat, também irá abrigar o Instituto de Idiomas do Maranhão, que será o primeiro centro de línguas público do Brasil. O projeto é proporcionar aos alunos do Procentro e a comunidade em geral a possibilidade de aprendizagem de mais um idioma.

Esse projeto simboliza de forma coerente a seriedade como a educação do Maranhão vem sendo tratada neste período. Para Anselmo Raposo, “esse momento da educação no Maranhão, em que os projetos começam a ser realidade, é a consolidação do que foi assumido no dia em que tomamos posse, e desde aquele momento trabalhamos diuturnamente para que a educação no estado viesse a ter uma melhoria significativa dos seus índices”, comentou o secretário.

No mesmo espaço, haverá ainda o primeiro Centro de Formação de Professores da rede pública do Maranhão, espaço destinado à qualificação docente. Outros dois centros de formação funcionarão nos municípios de Pinheiro e de Codó. "Este é um grande projeto. É um verdadeiro marco para a educação do Maranhão", enfatizou o secretário de Educação. A Seduc tem o projeto de expandir essa política para a Região Tocantina, construindo centro de formação de professores em Açailândia e Imperatriz.

Simulado do Enem


Como parte dos projetos visando alavancar a educação no estado, a Seduc promoveu mais uma vez o Simulado do Enem, que contou com a participação de 16 mil alunos da rede estadual de ensino. A novidade neste ano foi a realização do simulado em todo o estado, para os alunos do 3º ano do ensino médio. O simulado teve 92 questões e, assim como o Enem, foi dividido em cinco áreas: Matemática e suas tecnologias; Ciências da Natureza; Linguagem, Códigos e suas tecnologias e; Ciências Humanas e suas tecnologias, além da produção escrita.

Esse projeto é uma das ações da Seduc para que alunos da rede pública obtenham êxito no Enem e assim possam ingressar em faculdades públicas. A finalidade do simulado é que os alunos avaliem como está sua preparação para o exame, quais disciplinas precisam estudar mais e assim se preparem melhor para as provas.

Para o secretário de Educação, Anselmo Raposo, todas essas ações foram elaboradas e trabalhadas com bastante afinco, sempre pensando na atividade fim de cada uma delas, que é o comprometimento com uma educação pública de qualidade. “O comprometimento de todos os superintendentes, adjuntos e corpo técnico da Seduc foi de grande valia para o sucesso de todos os projetos que foram pensados e executados. A vontade em fazer o Estado do Maranhão referência na educação do país, é uma meta a ser buscada diariamente por cada membro da Secretaria, que trabalha com a certeza de que esse quadro irá mudar dentro em breve”, afirmou.

SSP otimiza sistema carcerário com Central de Informações Prisionais

Com o objetivo de informatizar e otimizar os dados referentes à população carcerária do Maranhão, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) iniciou, nesta terça-feira (28), as atividades da Central de Integração de Informações Prisionais (CIIP).

Participaram da solenidade, o secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes; o secretário-adjunto de Administração Penitenciária, João Bispo Serejo; o delegado Geral da Polícia Civil, Nordman Ribeiro; entre outras autoridades do sistema, do Poder Judiciário e entidades ligadas à Segurança Pública.

Para o secretário de Segurança, Aluísio Mendes, a iniciativa facilitará o gerenciamento dos recursos destinados às unidades prisionais. "Essa ação é um investimento da ordem de R$ 18 milhões que vai servir para corrigir os problemas que existem e aperfeiçoar o sistema. Os recursos serão aplicados onde será necessário", garantiu.

A CIIP, que faz parte do projeto de modernização da Gestão Prisional, permitirá o acompanhamento dos processos e das execuções penais dos detentos, além de conceber informações atualizadas sobre as todas as unidades prisionais e seus internos.

"A partir de agora teremos uma radiografia do sistema penitenciário e de cada detento: fotos, de onde ele veio, sentença, tempo de cumprimento de pena e regime. Tudo estará acessível por meio de um banco de dados", explicou secretário adjunto de Administração Penitenciária, João Bispo Serejo.

Data Center

Para dar apoio logístico a CIIP, a SSP desenvolveu o Data Center, um provedor responsável pelo armazenamento de dados criminais e da segurança pública do estado, que conta com 20 novos servidores IBM, que garantirão o alto desempenho do sistema.

"Com essa integração de informações, a estrutura do sistema prisional será mais dinâmico, será um salto de qualidade nessa área e o Maranhão sairá na frente dos outros estados", finalizou o secretário Aluísio Mendes.

Mais de 10 mil empregos serão gerados até o fim de 2010 no MA



O aquecimento da economia maranhense, decorrente da chegada de grandes investimentos ao estado, deve resultar na geração de mais de 10 mil novos empregos até o final de 2010 nos setores da indústria, comércio e serviços.

No estado, a participação de grandes empreendimentos em instalação no aumento da oferta de emprego é ratificada por obras como a da usina termelétrica da MPX no Porto do Itaqui, que vai gerar, até o auge dos trabalhos, em novembro, 3.000 postos de trabalho, e a da Aciaria Gusa Nordeste que deve ofertar 1.000 empregos diretos até o final do ano.

A Refinaria Premium da Petrobras, em Bacabeira, também gerará oportunidades de emprego este ano, com as cerca de 500 vagas de um total de 3,5 mil pessoas que serão contratadas nos próximos 18 meses para realizar os serviços de terraplenagem, obra que será tocada pelo consórcio Galvão-Serveng-Fidens, que venceu licitação.

Na primeira etapa de obras da refinaria, que demandará R$ 711 milhões em investimentos, serão ofertadas vagas de trabalho para 57 áreas, tais como: operador de máquinas, motorista, eletricista, mecânico, mestre de obras, topógrafo, auxiliar técnico, pedreiro, carpinteiro, soldador, lanterneiro, entre outras.

À proporção que novas etapas forem sendo realizadas no processo de instalação da refinaria de Petrobras, estimada em US$ 20 bilhões, mais vagas surgirão para outras funções, as quais demandarão mão-de-obra específica.

Além das novas empresas, outros empreendimentos já instalados no estado estão ampliando suas linhas de produção e a oferta de serviços. A Vale anunciou a necessidade de contratar mais de 500 trabalhadores para atuarem na Estrada de Ferro Carajás (EFC), em municípios do Maranhão e do Pará.

Do total de vagas ofertadas, a maior parte é na área de engenharia com especialidade em mecânica, elétrica, produção, civil e eletrônica; e para técnicos em mecânica, eletromecânica, estradas, telecomunicações, eletrônica, edificações e eletroeletrônica.

A Ambev, que está em fase final de duplicação da planta em São Luís, vai gerar cerca de 450 empregos, entre diretos e indiretos, até dezembro de 2010. A Suzano Papel e Celulose, em espera pela Licença de Instalação (LI) para iniciar a construção da fábrica de celulose no Sul do estado, prevê, no momento, a contração de cerca de 900 pessoas ainda este ano.

No comércio as perspectivas também são otimistas. Pesquisa realizada pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL/MA) estima que 3.000 empregados devam ser contratados temporariamente de outubro a dezembro deste ano.

O aumento de contratações no comércio varejista deve-se às festas de fim de ano e também à expansão desse setor no estado. Rede de supermercados, como os Supermercados Mateus também estão contratando 650 colaboradores para atuar nas novas lojas no bairro do Maiobão, em São Luís, e em Imperatriz.

Ao comemorar os números de geração de empregos no estado, o secretário de Indústria e Comércio, Maurício Macedo, destaca que as oportunidades vão continuar a crescer. Porém, alerta que, as pessoas devem se preparar para as demandas do mercado de trabalho. "É preciso que os trabalhadores e as empresas busquem a qualificação para que possam aproveitar as novas oportunidades que estão surgindo no estado", alerta o secretário.

CAGED
- De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) só no primeiro semestre, 18.440 postos de trabalho formais foram criados no Maranhão. Até agosto, os números alcançaram 25.323 postos formais de trabalho.

Se a média mensal que vem girando em torno de 3.000/mês se mantiver até o final de dezembro, mais de 37.000 vagas terão sido preenchidas no estado em 2010, representando quase duas vezes a última melhor marca registrada em 2008, quando foram alcançados 19.344 (cabe ressaltar que em 2008, a duplicação da refinara da Alumar empregou, no pico da obra, 13 mil pessoas).

Para o mestre em economia empresarial e consultor legislativo em economia da Assembléia Legislativa do Maranhão, Aristides Lobão Neto, a tendência é que os números de empregos formais continuem a bater recordes no estado.

"Levando-se em conta que os números de geração de empregos formais pela economia maranhense no primeiro semestre do ano foram, segundo o Caged, o recorde histórico para o período, que a taxa de desemprego em agosto calculada pelo IBGE foi a menor dos últimos oito anos, que existe uma expectativa do PIB brasileiro superar a marca de 7% esse ano e a do Maranhão alcançar 10%, que o mercado consumidor no Brasil vem crescendo significativamente na última década e que a chegada das festas de fim de ano tende a aquecer fortemente os setores de comércio e serviço, acredito que a economia maranhense continuará a sua trajetória crescente de geração de postos de trabalho formais acompanhando uma tendência nacional", analisa o economista.

QUALIFICAÇÃO
- Paralelo a essa alta no número de contratações no Maranhão, um amplo programa de qualificação será realizado, fruto de parceria entre o Governo do Estado e a Petrobras, para a atender a demanda por mão de obra especializada que será gerada pela refinaria.

Uma dessas ações que já se encontra em andamento é o processo seletivo do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), que está ofertando inicialmente, no estado, 634 vagas para cursos profissionalizantes nas categorias de nível básico, médio, técnico e superior.

A oportunidade de qualificação, oferecida inicialmente para São Luís, corresponde a 208 vagas de nível básico (encanador industrial e pintor), 336 de nível médio (eletricista força e controle, eletricista montador, topógrafo, assistente de logística e profissional de suprimento) e 90 vagas de nível superior (engenheiros de campo, elétrico/instrumentação e de planejamento).

Mais de 16.200 inscritos no Maranhão concorrerão a essa primeira etapa de cursos do Prominp na área de petróleo e gás. Até 2016, deverão ser qualificados 26 mil profissionais em todo o estado para atender a demanda de emprego gerada devido à instalação da Refinaria Premium I da Petrobras, em Bacabeira. Conforme o calendário definido em edital do seletivo, as provas estão marcadas para o dia 24 de outubro.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Novas obras chegam à Casa de Cultura Josué Montello



Em breve, pesquisadores, estudantes e demais interessados terão acesso a obras raras da coleção particular de Josué Montello. As publicações foram enviadas diretamente do Rio de Janeiro, pela viúva do escritor, Ivone Montello, e já estão sendo catalogadas por funcionários da Casa de Cultura Josué Montello (CCJM), localizada na Rua das Hortas, 327, Centro.

A doação chegou há dois meses. Ao todo, são 104 caixas de materiais diversos, com destaque para livros. A diretora da Casa, Joseane de Souza e Souza explica que é um acervo rico e diversificado, que está sendo cuidadosamente inventariado para que possa ser disponibilizado ao público. "Ainda não sabemos quantos livros nos foram enviados, pois estamos trabalhando com uma caixa por vez", revela.

Joseane de Souza e Souza diz, ainda, que a viúva do escritor enviou não apenas livros. "Recebemos máquina de escrever manual, com a qual Josué Montello datilografava suas obras, recortes de jornais, fotos, entre outras peças", conta. Faz parte dos itens uma coleção de artigos originais publicados pelo escritor no Jornal do Brasil, de 1955 a 1993.

A diretora assegura que todo o material será disponibilizado ao público. "Mas temos que catalogar tudo. Hoje estamos em trabalho de informatização de todo o nosso acervo. Em seguida, faremos esse mesmo trabalho com o material recebido. Deve demorar um pouco, mas valerá à pena", diz Joseane, referindo-se à importância cultural das obras e arquivos. "Ele [Josué Montello] tinha o cuidado de encadernar todas as primeiras edições de suas obras e tudo isso nos foi enviado. São 21 publicações", destaca a diretora.

Acervo pessoal - O material enviado por Ivone Montello faz parte da biblioteca particular de Josué Montello. "Era de vontade dele que tudo fosse enviado à Casa de Cultura. Só estávamos esperando uma oportunidade para fazer isso", disse a viúva.

O primeiro contato com a diretoria da Josué Montello foi feita há três anos, quando Ivone Montello esteve em São Luís. "Um ano depois estive no Rio de Janeiro, quando pude ver todo o material que seria enviado para nós", conta Joseane Souza.

As peças pessoais e obras de Josué Montello se juntarão aos quase 60 mil itens que compõem o acervo da Casa de Cultura. A maior parte desse material já está disponível ao público que conta, ainda, com 300 publicações para empréstimos. "Para isso, o usuário deve se cadastrar conosco", diz Joseane.

Sobre a possibilidade de empréstimos do material recém-chegado, a diretora explica: "Ainda não sabemos como será disponibilizado, mas estarão ao alcance do público tão logo seja finalizada a catalogação", garante a diretora da Casa de Cultura.

Sagrima instala Câmara Setorial da Mandioca




A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Mandioca foi instalada, nesta segunda-feira (27), pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e pesca (Sagrima). Estava presente na instalação, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) dos Cocais e Planícies Inundáveis, Instituto de Agronegócios do Maranhão (Inagro), Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema), Agência de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), Agência de Defesa Agropecuária (Aged), Secretaria de Desenvolvimento Agrário (Sedagro), Banco do Brasil e Banco da Amazônia.

Estão previstas ações voltadas para o fortalecimento da assistência técnica, aumento da produtividade e da produção da mandioca, incentivo à instalação de agroindústrias e cursos de beneficiamento de mandioca, visando a melhoria da qualidade da farinha produzida, além de instalações de equipamentos mais modernos e cursos de gestão para agregar valor ao produto.

A diversificação no consumo da mandioca, que hoje tem 70% de sua produção destinada à produção de farinha e o restante para fécula e tiquira, produzida principalmente nas regiões dos Lençóis Maranhenses e Baixo Parnaíba é prioridade entre as ações.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Afonso Ribeiro, propôs a articulação com empresários para que eles possam ser inseridos neste processo. “Vamos marcar uma visita a algumas agroindústrias de farinha para despertar o interesse dos empresários em investir no agronegócio”, sugeriu.

Em relação ao crédito rural, o representante da Superintendência do Banco da Amazônia, José Nunes de Oliveira disse que somente em outubro deste ano serão disponibilizados R$ 2 milhões para a cultura da mandioca, o que deve atender a mil famílias de agricultores familiares. “Temos mais recursos com valores ainda maiores, mas infelizmente a demanda ainda é pouca”, ressaltou.

O coordenador da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Mandioca, Luiz Coelho, disse que a previsão é de que a câmara seja composta por 15 membros. “Vamos formalizar o convite para que possam ser indicados os titulares e os suplentes”, explicou ele.

Luiz Coelho citou como exemplo de ações já desenvolvidas no Maranhão, o Convênio Embrapa Mandioca e Fruticultura, com a interveniência da Agerp e apoio da Embrapa Meio Norte (envolve os estados do Piaui e Maranhão), que resultou numa produtividade média de 21 hectares no Território da Cidadania Lençóis/Munin, apesar da fragilidade daqueles solos.

As Câmaras setoriais


O secretário Afonso Ribeiro, informa que já foram criadas as câmaras de Fruticultura e Hortaliças, Mel, Ovinocaprinocultura, Leite, Grãos, Floricultura e a mais recente, que é a de Pesca e Aqüicultura.

“As câmaras são fóruns, onde representantes dos mais diversos setores, da iniciativa privada e setor público, discutem os problemas e as soluções para o fortalecimento dos elos das cadeias produtivas”, explicou Afonso Ribeiro.

“De acordo com as demandas apresentadas durante os debates nas câmaras, nós articulamos algumas ações como a redução do imposto do ICMS de 17% para 2% para o leite industrializado, a implantação da Delegacia do Meio Ambiente em Imperatriz e a instalação da Embrapa Cocais e Planícies Inundáveis. Estamos trabalhando a revitalização da produção de mel na Baixada Maranhense e o funcionamento do abatedouro de caprinos do município de Cantanhede”, destacou o secretário.

A população maranhense consome 18% da produção nacional de farinha de mandioca, e O Maranhão ocupa o 5º lugar na produção da raiz. Apesar de aparecer no último lugar no ranking nacional de produtividade, com apenas oito toneladas por hectare, quando a média nacional é de 14 toneladas por hectare.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Encerra no dia 30 prazo para quitar débitos de ICMS



Os contribuintes do ICMS terão até o dia 30 de setembro para quitar débitos fiscais com 95% de redução de multas punitivas e moratórias e 80% de juros de mora, de acordo com decreto 26.514, de 18 de maio, que instituiu o benefício. A medida é válida para pagamento somente em parcela única, e alcança todos os débitos fiscais relacionados com ICMS decorrentes de fatos geradores ocorridos até 31 de dezembro de 2008.

O contribuinte poderá acessar o site da Sefaz, pela Internet www.sefaz.ma.gov.br e emitir o DARE para pagamento total dos débitos de valores declarados, auto de infração e Termo de Verificação Fiscal. Para quitar saldo de parcelamento, o contribuinte deve procurar o atendimento direto, em qualquer agência da Sefaz ou postos do Viva Cidadão.

Segundo o secretário da Fazenda, Cláudio Trinchão, esta é a oportunidade para os contribuintes que possuem débitos se regularizarem, pois esse tipo de benefício é temporário e depende da aprovação de convênio assinado por todos os estados no Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária).

O incentivo alcança débitos constituídos ou não, inclusive os espontaneamente denunciados pelos contribuintes, inscritos ou não em dívida ativa, e ainda os suspensos e relativos a ações judiciais e recursos administrativos contra a Fazenda Pública. Nesse último caso o contribuinte terá que desistir formalmente das ações judiciais.

Parcelamento

Outra forma de regularização é com o parcelamento em até 60 meses, sem redução das multas e juros. Para contribuintes optantes do Simples Nacional, com receita bruta anual de até R$ 120 mil, o valor da parcela mínima é de 100 reais. Para os demais contribuintes permaneceu a parcela mínima de 500 reais.

Sagrima apresenta Câmara de Pesca e Aquicultura


A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) apresenta, nesta quinta-feira (23), no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema), a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Pesca e Aquicultura. O evento ocorrerá a partir das 9h e contará com a presença do secretário da Sagrima, Afonso Ribeiro.

A exemplo das outras câmaras setoriais instaladas pela Sagrima – mel, leite, floricultura, frutas e hortaliças, ovinocaprinocultura e grãos - a câmara de pesca e aquicultura surge como uma estratégia de articular a atividade no Maranhão. “As câmaras têm como objetivo articular e estimular ações das entidades públicas, privadas e da sociedade civil, que atuam ou contribuam com os diferentes elos das cadeias produtivas existentes no Maranhão”, explicou Afonso Ribeiro.

Durante o lançamento, o superintendente da Pesca e Aquicultura da Sagrima, José de Ribamar Rodrigues Pereira, faz palestra sob o tema: Situação da Pesca e Aquicultura no Mundo, no Brasil e no Maranhão. Em seguida, o Pesquisador Jefferson Legat, da Embrapa Meio Norte, apresentará o Projeto Caranguejo Verde – Recomendações para a captura, transporte e estocagem de caranguejo vivo.

As câmaras, que são fóruns de interlocução entre a iniciativa privada e o setor público que buscam fortalecer os elos das cadeias produtivas, estimulando o agronegócio, tem a meta de agregar volume e diversificar a produção para abastecer o mercado interno e exportar para outros estados e para o exterior, além de estabelecer estratégias de comercialização destes produtos.

Está prevista para segunda-feira (27), às 9 horas, também no auditório da Faema, a instalação da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Mandioca.

SSP apresenta balanço da Operação Língua de Trapo


A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) divulgou, na quarta-feira (22), durante entrevista coletiva, o balanço da Operação Língua de Trapo. A ação teve como objetivo cumprir quatro mandados de prisão e quatro de busca e apreensão nos Bairros da Camboa e da Liberdade, na Região Metropolitana.

No total, foram presas quatro pessoas, sendo três traficantes (dois homens e uma mulher) e um policial Civil. Os traficantes são: Joevaldo Santos Silva, 29; Jonysson Boré Belo, o “Jonas” e Maria Anunciação Araújo, 53.

O policial Civil, José Washington Texeira da Silva, lotado no 3º Distrito Policial, no Radional, foi detido por ser suspeito de fornecer informações sigilosas de operações policiais executadas em bairros da capital aos três traficantes.

Segundo o superintendente Estadual de Investigações Criminais, Marcos Afonso Júnior, a Operação Língua de Trapo monitorava os passos do envolvimento do policial com os traficantes há aproximadamente quatro meses, por meio de interceptação telefônica e vídeos gravados pelo Sistema de Inteligência da Polícia Civil, no qual José Washington é flagrado conversando com os traficantes.

“Não admitimos de maneira alguma esse tipo de situação. O resultado desta Operação é uma forma de resgatar a imagem positiva construída há anos pela Polícia Civil no estado”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes.

O inquérito policial tem trinta dias para ser concluído. A partir das informações levantadas, o policial se condenado, poderá sofrer sanções por processos criminais e administrativos, podendo ser até exonerado dos quadros da Polícia Civil. Eles irão responder pelo crime de tráfico de substâncias entorpecentes e associação para o tráfico.

Material Apreendido


Durante a busca dos envolvidos, os investigadores encontraram nas residências dos traficantes, no Bairro da Camboa, diversas substâncias e objetos ilícitos, entre eles: ½ barra de maconha prensada; oito pedras de crack, sendo três de aproximadamente meio quilo; uma porção grande de pasta base para cocaína; 24 projéteis de pistola 9mm de uso exclusivo das forças armadas; dois projéteis de calibre 12; 18 trouxinhas de crack; oito isqueiros; dois cordões de prata; sacos para embalagens e comercialização das drogas e aproximadamente R$ 130 reais em dinheiro.

A ação operacional contou com a colaboração de equipes da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), do Departamento de Narcóticos (Denarc) representado pelos delegados Geral, Nordman Ribeiro e Cláudio Mendes, e da Superintendência de Polícia Civil da Capital com o apoio da Secretaria-Adjunta de Inteligência e Ações Estratégicas da SSP.

Itaqui está entre os Portos mais movimentados do país



De janeiro a agosto deste ano, a movimentação de cargas no Porto do Itaqui foi de 8,3 milhões de toneladas. Em 2010, 57% das operações de embarque e desembarque no porto foram com derivados de petróleo tanto para transbordo de produtos quanto para o consumo interno, especialmente de gasolina.

O Porto do Itaqui é utilizado como entreposto de derivados de petróleo do Norte e Nordeste. Este ano, 56% da movimentação do porto foram de derivados. Além disso, o berço 106 é hoje totalmente dedicado a operações com derivados de petróleo.

Outro fator que contribuiu para os bons números foi a retomada da movimentação de ferro gusa, manganês e calcário, além da soja e da duplicação de carga geral operada no porto público de São Luís. Todos os produtos, com exceção de alumínio, mantiveram-se no mesmo patamar ou tiveram uma leve alta em comparação com 2009. Para o ano de 2011 o Itaqui deve iniciar as operações com contêineres. A perspectiva é operar ferro níquel.

Em todo o ano passado foram operadas 11,5 milhões de toneladas de carga em 778 navios. Até agosto de 2010, 468 navios já atracaram no Porto do Itaqui com um volume de 8,3 milhões de toneladas.

MAIS

De acordo com dados recentemente divulgados pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) em relatório que compara a movimentação total de cargas entre o segundo trimestre de 2009 e o mesmo período deste ano, o Porto do Itaqui é o primeiro no Nordeste.

No país está atrás apenas dos portos de Santos (SP), Paranaguá (PR), Rio Grande (RS) e Vila do Conde (PA). Em se tratando de granéis líquidos, o Itaqui só perde para o Porto de Santos.

Cine Praia Grande exibe Nha Fala



Uma jovem chamada Vita, originária de Bissau, decide estudar em Paris. Antes de partir, ela promete à mãe que nunca irá cantar, já que uma maldição familiar dita que todos os que cantarem serão perseguidos pela morte. Em Paris, Vita apaixona-se por Pierre, músico de profissão, que pede que a jovem cante no seu estúdio. Ela, ignorando a promessa feita à sua mãe , satisfaz o desejo do namorado, que fica admirado com a sua voz e a lança numa carreira musical de sucesso. Vita se conscientiza das consequências do seu ato. Por isso volta a Bissau para organizar o seu próprio funeral.

Esse é o enredo de Nha Fala, em cartaz no Cine Praia Grande, até o dia 30. O cinema fica no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Praia Grande. O filme será exibido em três sessões: 16h, 18h e 20 horas. O valor do ingresso é de R$ 4,00.

Nha Fala é fruto de uma parceria entre Fado Fimes (Portugal), Les Films de Mai (França), Samsa Films (Luxemburgo). A exibição em São Luís faz parte de um projeto que envolve o Cine Praia Grande e a Cinemateca Francesa, da Embaixada da França no Brasil. Já realizou a exibição de outros cinco longas e já tem mais dois confirmados para o mês de outubro, O Batedor de Carteira, de Robert Bresson, no período de 1º a 15, e Nas Cordas, de Magaly Richard-Serrano.

O filme Nha Fala que significa "Minha voz", "Meu destino", "Minha vida", "Meu caminho" é a quarta longa metragem do produtor Flora Gomes. É uma comédia musical cheia de alegria, humor e otimismo, onde a heroína Vita é interpretada por Fatou N’Daye. A banda sonora é do lendário Manu Dibango.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Programação cultural movimenta Teatro Alcione Nazareth



O Teatro Alcione Nazareth (TAN) inicia uma nova fase para movimentar sua programação cultural, com espetáculos de dança, música e teatro. A partir do Projeto Casa Cheia, desenvolvido desde o início do segundo semestre de 2010, o Teatro tem recebido propostas de produtores maranhenses, grupos e artistas, para apresentações isentas do pagamento de pauta.

Para os meses de setembro e outubro, o projeto apresenta o espetáculo teatral “De Assalto”, do professor Igor Nascimento; o show de dança “Iaô”, com o Grupo Okun; e o espetáculo de teatro infantil “Princípio dos 3 erres”, que aborda a temática da reciclagem.

Segundo a diretora do TAN, Hélida Santana, o projeto desburocratizou o acesso de artistas ao teatro, porém sem deixar de ser criterioso com as apresentações. “Pensamos no Casa Cheia para dar mais visibilidade ao espaço que o TAN possui. Esses projetos demonstram a abertura da casa às produções locais e o torna mais dinâmico”, destaca.

Os interessados em participar do Casa Cheia devem se dirigir à administração do Teatro Alcione Nazareth, das 14h às 18h, ou enviar a proposta de espetáculo para o e-mail teatroalcionenazareth@hotmail.com. Na proposta deve constar nome do espetáculo/show; endereço, telefone e e-mail; objetivo; justificativa; tipo de espetáculo; público alvo; e tempo de duração.

Além disso, segundo a diretora, é obrigatória a descrição da concepção cênica (teatro e dança) e sinopse do espetáculo; ficha técnica; mapa de luz; plano de divulgação; identificação dos patrocinadores e/ou apoiadores, em negociação, ou já existentes; currículo do elenco e direção (teatro); histórico do grupo, companhia ou artista, currículo do espetáculo; e intenção do mês pretendido.

Além das apresentações do Projeto Casa Cheia, outras pautas já estão agendadas, como a peça teatral “O Miolo da História”, o show “Independent Rock”, o espetáculo musical “Sonora Brasil”, lançamento do CD de Djalma Lúcio, dentre outros. O valor dos ingressos varia entre R$ 8,00 e R$ 10,00.

Conhecendo o teatro
- Outra ação desenvolvida pelo Teatro Alcione Nazareth é a visitação de alunos de escolas públicas e privadas em seu espaço. As visitas são realizadas no turno vespertino, das 14 às 19 horas, de acordo com a disponibilidade do Teatro, e devem ser agendadas previamente.

A diretora conta que a motivação para o agendamento das visitas é fazer com que os alunos saibam da existência do teatro para o desenvolvimento cultural de sua cidade. “A programação da visita é composta por uma apresentação teatral, com contações de história, pelo ator e mímico Gilson César. Em seguida, orientamos sobre como se comportar em um teatro e apresentamos as estruturas que o compõe”, explica Hélida Santana.

Os agendamentos para visita podem ser feitos pelo telefone 3218.9933 ou pelo e-mail: teatroalcionenazareth@hotmail.com/.

Minas e Energia visita poço exploratório em Capinzal do Norte


O secretário de Minas e Energia, Israel Nogueira Ferreira, afirmou que “a presença de gás no município de Capinzal do Norte merece muito mais que tratamento especial por parte do Governo do Estado”. A declaração foi feita após visita ao poço exploratório 1, que está sendo perfurado pela associação de empresas liderada pela OGX do empresário Eike Batista.

Em conversa com o secretário, durante a visita ao poço exploratório, o geólogo Antonio Wanders Vieira Leite e o engenheiro de petróleo Samuel Guimarães explicaram que existe uma expressiva presença de gás, superior a estimativa inicial.

No momento da visita o poço atingia uma profundidade de 2.128m e a previsão é chegar a uma profundidade superior a 3.000m, quando é esperado encontrar novos níveis portadores de gás e petróleo.

Para Israel Ferreira tamanha descoberta exigirá que o estado fale a linguagem do petróleo e de Minas e Energia.

“Ainda é cedo, mas Capinzal do Norte pode se transformar na capital do gás”, declarou Israel Ferreira diante das explicações dos técnicos da OGX.

Também acompanharam o secretário durante a visita, os geólogos da Seme, Daniel da Luz, gestor de Minas; e Bernardo Bacelar, gestor de Gás e Petróleo.

Campanha nos presídios doa alimentos a entidades sociais


Internos da Casa de Detenção (Cadet), do Centro de Custódia de Presos de Justiça do Anil (CCPJ) e do Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas (CDP) participaram de uma ação social para arrecadação de alimentos que foram doados a instituições filantrópicas de São Luis.

A iniciativa foi desenvolvida pelo Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Maranhão (Sindspem-MA) em parceria com a Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (Saap).

Os destinos dos alimentos foram a Fundação Antonio Jorge Dino, o Asilo de Mendicidade e o Grupo Solidariedade é Vida, que trabalha com crianças portadoras do vírus HIV.

Na campanha voluntária, que teve início há dois meses, foram coletadas duas toneladas de alimentos não perecíveis. A arrecadação acontecia durante todos os sábados e domingos, aproveitado o dia de visita onde geralmente, os internos recebiam alimentos de seus familiares. Eles doavam o dinheiro que seria utilizado no jantar, para que fosse revestido na aquisição dos alimentos. Já aos domingos, os detentos doaram o dinheiro da compra do café da manhã.

Segundo o diretor de Relação Intersindicais do Sindicato, Edinelson João Rebelo, a campanha pretendia criar nos internos um espírito mais humano. “Ações dessa magnitude são importantes porque além de permitir que eles executem ações mais práticas, também integra os internos das unidades prisionais com o resto do mundo”, ressaltou o diretor.

Solenidade


A entrega dos alimentos ocorreu na última sexta-feira (17), em uma solenidade realizada no Auditório da Penitenciária de Pedrinhas. Na ocasião, o Coral das Mulheres da Penitenciária Feminina fizeram uma apresentação aos presentes no evento.

Presentes no evento, o superintendente de Estabelecimentos Penais da Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA), Clodomir Ribeiro; internos, funcionários e diretores das unidades envolvidas na campanha; os representantes das três fundações que receberam os alimentos, além do presidente do Sindspem-MA, Cézar Castro Lopes e toda diretoria do órgão e do Núcleo Evangélico de Pedrinhas que desenvolve ações no presídio.

Definidas prioridades para pesquisas em Saúde no Maranhão


Reunidos na Oficina de Prioridades do Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS), pesquisadores e gestores do setor definiram áreas temáticas que necessitam, primordialmente, de estudos no Maranhão. Os problemas eleitos como prioritários servirão de base ao próximo edital do PPSUS a ser lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), agente executor do programa no estado.

A prevalência de doenças infecciosas como hanseníase, tuberculose e calazar é um dos pontos que deve merecer especial atenção da academia, culminando na elaboração de respostas à deficiência na disseminação de métodos de tratamento e detecção clínica dessas doenças. Foi indicada, também, a necessidade de estudos sobre os tipos de câncer com maior número de casos no Maranhão (pênis, útero e mama).

No primeiro dia de trabalho, o secretário de Estado de Saúde, José Márcio Soares Leite, apresentou as principais demandas identificadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). “Trabalhando com o tripé do ensino, pesquisa e extensão, vamos poder dar respostas às reais necessidades da população”, enfatizou.

Leia a notícia completa.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Procon divulga ranking de empresas mais reclamadas no Maranhão

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon/MA) divulgou, nesta sexta-feira (17), o ranking das 10 empresas com maior número de reclamações no órgão no período de setembro de 2009 a agosto de 2010. As Lojas Gabryella lideram a lista com 67 reclamações, seguida da CCE com 62 e OI Móvel com 55.

De acordo com o art. 44 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), a divulgação do Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas, que corresponde ao número de atendimentos feito por meio de abertura de processo administrativo, iniciado por audiência, é obrigatória dos órgãos públicos de proteção ao consumidor. A publicação é realizada anualmente e contém informações atualizadas sobre fornecedores de produtos e serviços.

O objetivo é assegurar aos consumidores a liberdade de escolha sobre fornecedores e incentivar o aprimoramento de produtos e serviços prestados, além de promover políticas públicas na área.

"O Procon tem que cumprir com função educativa de tornar pública os números das empresas que mais lesaram o consumidor para que efetivamente ele tenha sua liberdade de escolha", afirmou a superintendente estadual do Procon no Maranhão, Denise Gasparinho Costa.

O Procon/MA é um dos 20 estados, mais o Distrito Federal, que participa da publicação. As reclamações encaminhadas ao Procon são registradas no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), do Ministério da Justiça - programa que integra dados e ações em rede, com acesso público (http://portal.mj.gov.br/SindecNacional/graficos/SelecionaGraficoForm.jsp). A pesquisa pode ser feita com base em dados nacionais, regionais, estaduais ou diretamente nos registros dos Procons.

Confira o ranking


Empresas - Números de Reclamações Fundamentadas

Lojas Gabryella - 67

CCE- 62

OI Móvel - 55

CEMAR - 39

Nokia - 36

Sony Ericsson - 33

OI Fixo - 28

Positivo Informática - 27

Claro S.A

Confira lista completa

Emprego com carteira assinada cresce 7,46% no MA

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), confirmam a geração de 25.327 postos de trabalho com carteira assinada este ano (janeiro/agosto) no Maranhão, o que representa um aumento de 7,46% em comparação ao mesmo período de 2009. O resultado é considerado o melhor em termos absolutos e relativos de toda a série histórica do Caged.

Nos últimos 12 meses, os investimentos privados atraídos pelo Governo do Estado criaram 25.465 postos de trabalho, o equivalente a um acréscimo de 7,51% no nível de vagas formais. Conforme o Caged, somente em agosto último foram gerados 2.414 empregos celetistas, o que significou uma expansão de 0,67% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

Dos 25.327 postos de trabalho criados este ano no estado, o setor da construção civil responde por 8.231 vagas, expansão de 18,83%. Em seguida, vem a atividade de serviços (6.598 vagas), comércio (4.471), agropecuária (2.915) e a indústria de transformação (2.886).
Leia mais

Inscrições do Paes 2011 encerram nesta sexta



Encerra hoje (17) o período de inscrição para o Processo Seletivo de Acesso ao Ensino Superior (PAES 2011), da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). O pagamento do boleto pode ser efetuado até segunda-feira (20). A ficha está disponível no site: www.vestibular.uema.br.

Só poderão se inscrever candidatos que concluíram ou estão concluindo o ensino médio ou equivalente. Eles disputarão 3.624 vagas: 1.854 para o primeiro semestre de 2010 e 1.770 para o segundo semestre.

O pretendente à vaga deve preencher, conferir e confirmar o requerimento de inscrição, gerar boleto bancário e efetuar o pagamento, no valor de R$ 75,00, em qualquer agência ou nos correspondentes bancários até o dia 20 de setembro, no horário de expediente para ser efetivado no processo.

Os candidatos isentos deverão, obrigatoriamente, se inscrever, a diferença é que não deverão pagar a taxa para serem confirmados como inscritos.

Após a efetivação da inscrição serão vetadas ao candidato quaisquer alterações de opção de curso, campi, turno, local de realização da prova ou língua estrangeira. É indispensável que o acesso ao manual no site ou na biblioteca central do Campus de São Luís e dos centros do interior para que o pretendente saiba suas obrigações e direitos.

A confirmação da inscrição estará disponível no site no período de 3 a 13 de novembro. Deverá ser impressa e adicionada a ela uma foto 3x4. Os candidatos só farão a prova com essa confirmação em mãos.

Na primeira etapa (14 de novembro), serão 80 questões objetivas (marcar) com conteúdo das 3 séries do ensino médio. Os candidatos não eliminados na primeira etapa, estarão habilitados para a segunda (19 de dezembro), que terá 16 questões discursivas de 2 matérias especificadas pelo curso e mais a redação.

As provas serão aplicadas nas seguintes cidades: São Luís, Pinheiros, Imperatriz, Santa Inês, Barra do Corda, Caxias, Bacabal, Balsas, Açailândia, Pedreiras, Timon, Grajaú, Lago da Pedra, Zé Doca, Itapecuru-Mirim, Colinas, Presidente Dutra, São João dos Patos, Coelho Neto e Codó.

Leitura obrigatória


Língua Portuguesa

- A Morte e a Morte de Quincas Berro D'agua - Jorge Amado

- O sermão do bom ladrão - Padre Antonio Vieira

- Inspiração Nordestina II Parte - Antonio Gonçalves da Silva

Filosofia


- O que é o esclarecimento - Immanuel Kant

- Fundamentação da metafísica dos costumes e outros escritos - Immanuel Kant

Sagrima realiza oficina de nivelamento de técnicos

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), por meio da Superintendência de Planejamento de Políticas de Desenvolvimento Rural, realiza até esta sexta-feira (17), no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema), em São Luís, uma oficina de nivelamento de técnicos do sistema de agricultura do Maranhão e de representantes de entidades públicas e entidades civis organizadas para a elaboração do Plano Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (Peater).

Aberta ontem (16), a oficina contou com a participação do secretário adjunto da Sagrima, Antônio Gualhardo Prazeres, da Delegada Federal do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), Cecília Leite; e da assessora de Políticas Agrícolas e Meio Ambiente, setor da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), Rossandra Farias.

O processo de construção do Peater acontecerá em seis regiões administrativas do Maranhão, por meio de seminários, atendendo as 19 regionais. O produto final dos seminários será encaminhado para o Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRUS) e para apreciação pelo Governo do Maranhão.

Um representante do MDA, André Marchetti, está participando da oficina e integra as discussões sobre o plano. Segundo Marchetti, o objetivo é capacitar os membros que vão ser multiplicadores do Peater.

“O Maranhão tem uma demanda muito grande e por esse motivo acredito que os multiplicadores têm um papel fundamental nesse processo e por esse motivo espero contribuir para dar um norteador em prol da agricultura familiar”, disse o representante do Ministério.

Durante a solenidade de abertura, o secretário Adjunto da Sagrima, Antônio Gualhardo Prazeres, falou que o objetivo final é a construção de uma ampla proposta de assistência técnica.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Afonso Ribeiro encaminhou a proposta da oficina ao secretário Nacional de Agricultura Familiar do Ministério, Adoniram Sanches Peraci. Desta maneira conseguiu a contribuição do MDA para a construção do plano, com o envio do consultor André Marchetti.

Seminários Regionais


A partir do dia 22 deste mês serão iniciados os seminários regionais. Itapecuru Mirim vai ser a primeira contemplada. Em seguida, as oficinas acontecerão nas regionais de Viana, Bacabal, Caxias, Presidente Dutra, Imperatriz e São Luís.

E de acordo com o superintendente de Planejamento de Políticas de Desenvolvimento Rural da Sagrima, Josenildo Cardoso de Araújo, a partir dos seminários regionais que irão sair os facilitadores para dar encaminhamento para o novo processo de Ater. Para a construção de um plano atualizado, com formação adequada, segundo ele, é necessário o apoio do MDA. O superintendente explicou que o plano irá atender a política estadual de Ater.

Projeto Casa Cheia movimenta o Teatro Alcione Nazareth


O Teatro Alcione Nazareth (TAN) inicia uma nova fase para movimentar sua programação cultural, com espetáculos de dança, música e teatro. A partir do Projeto Casa Cheia, desenvolvido desde o início do segundo semestre de 2010, o Teatro tem recebido propostas de produtores maranhenses, grupos e artistas, para apresentações isentas do pagamento de pauta.

Para os meses de setembro e outubro, o projeto apresenta o espetáculo teatral “De Assalto”, do professor Igor Nascimento; o show de dança “Iaô”, com o Grupo Okun; e o espetáculo de teatro infantil “Princípio dos 3 erres”, que aborda a temática da reciclagem.

Segundo a diretora do TAN, Hélida Santana, o projeto desburocratizou o acesso de artistas ao teatro, porém sem deixar de ser criterioso com as apresentações. “Pensamos no Casa Cheia para dar mais visibilidade ao espaço que o TAN possui. Esses projetos demonstram a abertura da casa às produções locais e o torna mais dinâmico”, destaca.

Os interessados em participar do Casa Cheia devem se dirigir à administração do Teatro Alcione Nazareth, das 14h às 18h, ou enviar a proposta de espetáculo para o e-mail teatroalcionenazareth@hotmail.com/. Na proposta deve constar nome do espetáculo/show; endereço, telefone e e-mail; objetivo; justificativa; tipo de espetáculo; público alvo; e tempo de duração.

Além disso, segundo a diretora, é obrigatória a descrição da concepção cênica (teatro e dança) e sinopse do espetáculo; ficha técnica; mapa de luz; plano de divulgação; identificação dos patrocinadores e/ou apoiadores, em negociação, ou já existentes; currículo do elenco e direção (teatro); histórico do grupo, companhia ou artista, currículo do espetáculo; e intenção do mês pretendido.

Além das apresentações do Projeto Casa Cheia, outras pautas já estão agendadas, como a peça teatral “O Miolo da História”, o show “Independent Rock”, o espetáculo musical “Sonora Brasil”, lançamento do CD de Djalma Lúcio, dentre outros. O valor dos ingressos varia entre R$ 8,00 e R$ 10,00.

Conhecendo o teatro
- Outra ação desenvolvida pelo Teatro Alcione Nazareth é a visitação de alunos de escolas públicas e privadas em seu espaço. As visitas são realizadas no turno vespertino, das 14 às 19 horas, de acordo com a disponibilidade do Teatro, e devem ser agendadas previamente.

A diretora conta que a motivação para o agendamento das visitas é fazer com que os alunos saibam da existência do teatro para o desenvolvimento cultural de sua cidade. “A programação da visita é composta por uma apresentação teatral, com contações de história, pelo ator e mímico Gilson César. Em seguida, orientamos sobre como se comportar em um teatro e apresentamos as estruturas que o compõe”, explica Hélida Santana.

Os agendamentos para visita podem ser feitos pelo telefone 3218.9933 ou pelo e-mail: teatroalcionenazareth@hotmail.com/.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

SSP divulga retrato falado do suspeito assassinar motorista de coletivo

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA) divulgou, na manhã de quinta-feira (16), o retrato falado do homem suspeito de ter cometido o crime que resultou na morte do motorista de ônibus da Empresa Taguatur, Ronielson Lima Pinheiro, conhecido como “Roni”, de 28 anos, ocorrido na noite da última terça-feira (14).

O homicídio aconteceu no ponto final da linha de ônibus que atende o bairro Residencial Paraíso. A identificação do principal suspeito foi possível depois que a polícia ouviu a mulher que estava em companhia de Ronielson Pinheiro na noite do crime.

Para ajudar na confecção do retrato falado, a SSP-MA firmou uma parceria com a Superintendência da Polícia Federal no Maranhão, que utilizou um programa especializado em criar rostos de foragidos da Justiça.

Durante as investigações, a Polícia trabalha com várias possibilidades, mas, alguns fatos indicam que pode se tratar de um crime passional, uma vez que não foi subtraído nenhum pertence da vítima.

Segundo informações do superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Sebastião Uchoa, a verdadeira identidade do executor do motorista só será possível após o final das investigações. “Estamos acompanhando as investigações, o delegado Emanuel Bastos, do 16º DP, é quem está à frente do caso”, ressaltou.

O superintendente informou que, por meio do retrato falado, a polícia poderá chegar à identidade do criminoso, tendo em vista que a mulher que presenciou o crime detalhou as características do assassino.

De acordo com o delegado Uchoa, o retrato falado foi montado com vários detalhes, prova disso é no momento da confecção, a partir de informações, a informante ficou bastante abalada, pois segundo ela afirmou, a representação era muito parecida com a imagem do suspeito do assassino.

Depoimentos

A Polícia ainda está ouvindo depoimentos de testemunhas e familiares para tentar solucionar o homicídio. Várias pessoas envolvidas no ciclo social de Ronielson Pinheiro já foram ouvidas e outras serão intimidas nos próximos dias pelo delegado Emanuel Bastos para depor.

Em depoimento prestado à Polícia, a mulher que presenciou o crime afirmou que ela e Ronielson Pinheiro mantinham um relacionamento amoroso há algum tempo e que ela estava em processo de separação conjugal.

Outro fato levantado nas investigações apontou o envolvimento de Ronielson Primeiro com uma segunda mulher, também casada que reside no Bairro do Turu. De posse dessas informações, a Polícia colheu o depoimento da segunda amante da vítima. Ela disse aos policiais que estava mantendo um relacionamento com o motorista, e que eles fizeram planos de viverem juntos.

A Polícia Civil está mantendo várias negociações para que os esposos das mulheres que tiveram envolvimento com Ronielson possam prestar esclarecimentos sobre o caso.

Qualquer informação do executor do crime ou que possa ajudar a solucionar este homicídio pode ser repassado pelos telefones do Disque Denúncia (98) 3223 5800 (em São Luís) ou 0300 313 5800(interior).

Maranhão registra mais de 16.200 inscritos no Prominp


O Maranhão registrou 16.207 inscrições no processo seletivo de cursos gratuito de qualificação profissional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), segundo balanço divulgado, nesta quarta-feira (15), pela Petrobras. No total, em 13 estados beneficiados pelas ações do Prominp, 258.958 pessoas se inscreveram e estarão concorrendo a 27.915 vagas.

Este foi o maior número de vagas já ofertado pelo Prominp e um recorde de inscritos por processo seletivo. Os 16.207 inscritos no estado estarão concorrendo a 634 vagas, de cursos profissionalizantes nas categorias de níveis básico, médio, técnico e superior.

Das 634 vagas ofertadas para o Maranhão, todas inicialmente para São Luís, 208 são para as áreas de nível básico (encanador industrial e pintor); 336 para nível médio (eletricista força e controle, eletricista montador, topógrafo, assistente de logística e profissional de suprimento); além de 90 vagas para profissionais de nível superior (engenheiros de campo, elétrico/instrumentação e de planejamento).

Para o secretário de Estado de Indústria e Comércio, Maurício Macedo, o número expressivo de inscritos nessa primeira etapa do Prominp no Maranhão, mostra o interesse dos maranhenses em se qualificar para conseguir ingressar no quadro de profissionais do grandioso projeto que é a refinaria Premium da Petrobras. “Estamos trabalhando para que os postos de trabalho sejam ocupados por maranhenses”, garantiu.

Calendário


Conforme o calendário definido em edital, as provas do seletivo estão marcadas para o dia 24 de outubro. O local e o horário do exame serão informados no Cartão de Confirmação de Inscrição, que será encaminhado para os candidatos até o dia 20 de outubro, via Correios, conforme endereço informado no ato da inscrição. Os candidatos também poderão obter cópia impressa do Cartão, no site da Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br/intro.html).

Os candidatos aprovados na prova de seleção que estiverem desempregados durante o período de realização do curso receberão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 300 a R$ 900, de acordo com o nível do curso.

Mais informações sobre os cursos oferecidos nesta etapa de seleção podem ser obtidas no Edital, que está disponível para consulta e download nos sites do Prominp(www.prominp.com.br) e da Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br/intro.html). Para tirar dúvidas, os candidatos devem enviar um e-mail para o “Fale Conosco” do site do Prominp ou ligar para o telefone de atendimento ao público da Cesgranrio: 0800 701 2028.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Estaleiro Escola abre inscrições para o curso de Educação Ambiental


O Centro Vocacional Estaleiro Escola abrirá, no período de 21 a 23, inscrições para o curso de Educação Ambiental. Para participar do processo é necessário ir até a sede do CVT Estaleiro Escola que fica na Rua da Mangueira, s/nº, Sítio Tamancão, na área Itaqui-Bacanga.

Os documentos necessários para o cadastro são: xerox da carteira de identidade ou certidão de nascimento, xerox do certificado de conclusão de ensino fundamental ou médio e xerox do comprovante de residência. O seletivo é composto de entrevista e teste de aptidão.

Educação Ambiental


O curso de Educação Ambiental foi criado em 2007 e tem duração de seis meses. Durante este período já foram atendidas cerca de 400 alunos, grande parte deles são moradores de bairros encravados na área Itaqui-Bacanga.

Duas etapas compõem o curso. Aulas teóricas que abordam principalmente a política ambiental e sua importância para a sociedade e prática, que consiste em oficinas de: modelismo naval, reciclagem de papel, reaproveitamento de garrafas peti, reaproveitamento de madeira e biojóias. Todo o material utilizado para a confecção das peças é extraído da natureza na orla marítima em frente á sede do CVT Estaleiro.

Exposição


Recentemente a coordenação do curso realizou no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, a exposição "Maranhão: natureza de ser". A mostra reuniu dezenas de peças produzidas por alunos participantes das últimas etapas das oficinas do Estaleiro Escola. Além disso, foi possível divulgar o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo órgão, a baixo custo, apenas reutilizando objetivos retirados do lixo e transformando em acessórios, bijuterias, souvenir e outros, gerando renda e contribuindo com a preservação da natureza.

Escola de Música Lilah Lisboa lança blog sobre Terapia Musical nesta quinta-feira

O projeto de Terapia Musical, desenvolvido pelo terapeuta ocupacional Rogério Ferreira, na Escola de Música do Maranhão “Lilah Lisboa” (Emem) ganha mais um suporte de divulgação para as suas ações. Nesta quinta-feira (16), a partir das 18 horas, no auditório da Emem, acontece o lançamento oficial do Blog Terapêutica Musical.

O blog traz informações sobre as atividades que são realizadas pelo terapeuta e sua equipe com alunos especiais (particulares e através de entidades) na Emem. “O lançamento é uma forma de chamar parcerias e voluntários para esse projeto tão bonito, aproximando as entidades da Emem”, explicou o coordenador de Eventos e Marketing da Escola, Silas Duarte.

O evento culminará com uma reunião onde serão tratados assuntos como a Música como Terapia; a Musicalização na Educação Especial; a Música como Ferramenta de Inclusão Social; e a Pós-Graduação em Musicoterapia em São Luís.

Segundo Rogério Ferreira, a partir do lançamento, estarão abertas as inscrições de currículos para voluntários que queiram colaborar com Oficina Terapêutica de Música da Emem, que atende a clientela semanalmente na sala Sérgio Marinho (anexo ao prédio da Emem).

O projeto


Desde novembro de 2009, a Escola de Música “Lilah Lisboa” (Emem) vem trabalhando a música como terapia. A iniciativa utiliza a música como recurso terapêutico para trabalhar com pessoas que apresentam déficit no desenvolvimento neuropsicomotor.

Com caráter de projeto de extensão, o trabalho conta com as parcerias das escolas e entidades que trabalham com esse público no município de São Luís. “Entre elas estão a Escola Pestallozzi e a Associação dos Amigos dos Autistas (AMA-MA), que encaminham os usuários e/ou cedem suas dependências para a realização do projeto, como forma de favorecer a descentralização dos serviços da Emem”, ressaltou Rogério Ferreira.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Serviço de saúde da Região Tocantina recebe aprimoramento


O secretário de Estado da Saúde (SES), José Márcio Leite, visitou, em Imperatriz, o Hospital Regional Materno Infantil, a nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que está sendo construída na cidade, e às unidades mistas de 20 leitos que estão sendo edificadas nos municípios de Divinópolis e Campestre do Maranhão.

Em Imperatriz, Márcio Leite se reuniu, na noite de sexta-feira (10), com profissionais de saúde, na Associação Médica de Imperatriz, para falar dos trabalhos que estão sendo desenvolvidos pelo Maranhão e na Região Tocantina.

O convite para falar das realizações e perspectivas do Governo do Estado para a Saúde do Maranhão foi feito pelo presidente da Associação Médica de Imperatriz, José Wilson Bezerra Rodrigues. "A meta é valorizar o paciente como ser humano e o profissional da área de saúde. Por isso, recebemos o secretário de Saúde, José Márcio Leite, para falar dos trabalhos já iniciados e das perspectivas ainda maiores de crescimento e que venham a fortalecer o grande elo entre pacientes e operadores de saúde", justificou Bezerra.

José Márcio mostrou para aos médicos da região os trabalhos desenvolvidos pelo Estado para melhorar a rede de saúde. Imperatriz foi contemplada com R$ 1,8 milhão para construção do espaço para funcionar 29 UTIs no Hospital Regional e estão sendo construídas três Unidades Mistas na Região (Campestre, Davinópolis e Senador La Rocque) e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), além da distribuição diária gratuita de leite para municípios da região.

A clientela alvo são gestantes, nutrizes, crianças de 2 a 7 anos e idosos, todos monitorados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Está assegurado, ainda, no orçamento estadual a construção de um hospital de 150 leitos para ser iniciado no próximo ano.

Leia mais

Escola em Tempo Integral ganha apoio em Brasília



O secretário de Estado de Educação, Anselmo Raposo, se reuniu, nesta segunda-feira (13), em Brasília, com o vice-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Carlos Borges, e com o superintendente da Região Nordeste da CEF, Nélson Antonio de Sousa. O objetivo da visita foi apresentar à direção da Caixa o projeto da Escola em Tempo Integral, que funcionará no prédio do antigo Colégio Marista, e buscar apoio para as atividades esportivas que serão desenvolvidas pelo novo centro de ensino.

Acompanharam o secretário na visita, o superintendente de Engenharia da Seduc, Jackson Martins Reis; o secretário-adjunto de Planejamento e Orçamento, João de Deus Nogueira Cantanhede; o coordenador das ações do PAR no Maranhão, Adelino Silva Neto; e o assessor especial Paulo Roberto Barroso Soares.

"Viemos apresentar o projeto da nossa Escola em Tempo Integral e buscar apoio para a prática esportiva que iremos desenvolver no local. Fomos bem recebidos e o nosso projeto despertou o interesse desejado. Estamos confiantes de que firmaremos uma parceria importante para nossa escola que dará ênfase ao esporte de alto rendimento,” explicou Anselmo Raposo, ressaltando ainda que serão criadas, ao todo, cerca de 19 escolas de tempo integral em todo o estado, uma em cada regional da educação.

O secretário também aproveitou a oportunidade para apresentar o projeto Escola Verde, que será a primeira escola totalmente ecológica a ser construída no Brasil. A escola será construída no município de São José de Ribamar.

“Mostramos um pouco do que pretendemos realizar na educação do nosso estado. A Escola em Tempo Integral e a Escola Verde, junto a outros projetos da Seduc, vão mudar a cara da nossa educação,” ressaltou Anselmo.

“O leque de projetos que nos foi apresentado é muito grande e muito importante. Vamos analisar tudo com muito interesse,” disse Carlos Borges.

Nos próximos dias, Carlos Borges virá ao Maranhão para a apresentação de mais unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” e entrega da CEF de Ribamar. Uma nova conversa já está agendada entre a Seduc e CEF neste período.

FNDE


Também nesta segunda-feira (13), Anselmo Raposo visitou a sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O objetivo da ida ao local foi buscar a liberação de recursos destinados ao Maranhão e que estão retidos no órgão desde 2002.